segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Barreira


Seria fácil se existem apenas aquelas lágrimas com gosto amargo. Parece incrível eu estar aqui ainda enquanto me doeram tantas verdades. Acreditar em Deus, enquanto o sol começa a nascer e a vida insiste em pulsar. Enxergar que a vida não passa de um punhado de sal que se joga pra espantar um temporal. Tomo um gole de água. O coração parece inflamar, dores e mais dores incendeiam minha saudade. Mas, é uma saudade de sentimentos antigos como fé e esperança.
Veja só, eu só queria alcançar a vida mais rápido, enquanto ela corre pelos seus caminhos ensolarados. Eu só queria ser feliz, cara. Longe daqui. Eu queria desenhar as coisas boas da vida. Mas agora só me resta esse nó e essa sede que parece insaciável. Estou mais cansada e tudo está mais distante. Não há mais portos e o mundo já não é o meu.

Um comentário:

Karolxita =] disse...

O coração parece inflamar, dores e mais dores incendeiam minha saudade.
AMEEEEEEEI